Boa noite
Política EliasElias 21 Julho 2021 (253)

QUEBRADO? Poderia faltar dinheiro para o salário dos servidores

Plenário da Câmara de Balneário Camboriú aprova os dois projetos de abertura de crédito adicional

QUEBRADO? Poderia faltar dinheiro para o salário dos servidores

A Câmara de Balneário Camboriú foi convocada para sessão extraordinária na noite desta quarta-feira (21). Em pauta a votação de projeto para atender despesas com a folha de pagamento e encargos sociais e previdenciários dos servidores municipais.

"Faltou planejamento na previsão orçamentária para garantir os salários", reclamou a vereadora Juliana Pavan. Ela lembrou que "várias secretarias poderão ter dotações cortadas, inclusive a de Educação, que perderá o previsto para a manutenção e reforma das escolas municipais".

Os vereadores Marcelo Achutti (MDB) e Nilson Probst (MDB) fizeram coro e também destacaram a necessidade de aprovar os projetos "para não termos falta de recursos para honrar o salário dos servidores".

"Não posso me calar diante de 21 milhões e meio sendo suprimidos da Educação, da Obras, da Assistência, da Segurança, pois estas áreas precisam de um planejamento de investimentos e não de ‘ajeites’ durante o ano", escreveu Juliana em suas redes sociais.

OS PROJETOS - O Projeto de Lei Ordinária 116/2021 autoriza a abertura de crédito adicional suplementar junto ao orçamento municipal vigente até a importância de R$ 8.356.992,66, destinados ao Fundo Municipal de Saúde, para a manutenção do Hospital e Maternidade Ruth Cardoso e o enfrentamento da Emergência de Saúde Pública - COVID19.

E o Projeto de Lei Ordinária 118/2021 autoriza a abertura de crédito adicional suplementar junto ao orçamento municipal vigente, até a importância de R$ 21.560.000,00, realizando as adequações orçamentárias necessárias para, segundo sua justificativa, atender despesas com a folha de pagamento e encargos sociais e previdenciários dos servidores, conforme estimativas para o exercício.

Ambos os projetos foram aprovados pela unanimidade dos vereadores presentes e seguem agora para sanção do prefeito Fábrício Oliveira.

A reunião desta quarta foi convocada pelo presidente da Câmara, vereador Marcos Kurtz (Podemos), ao final da sessão do último dia 14. A próxima reunião ordinária acontece no dia 3 de agosto, após o recesso previsto no Art. 16 do Regimento Interno do Legislativo, que vai de 18 a 31 de julho.

* Com informações do Departamento de Comunicação Social e TV
Foto: Débora Gascho/Divulgação

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário.