Boa tarde
Eventos EliasElias 26 Agosto 2021 (181)

Projeto de barco brasileiro na The Ocean Race tem lançamento em Itajaí

Evento será no dia 1º de setembro, no Iate Clube de Cabeçudas, buscando viabilizar a participação do SC Brasil Race Team na edição 2022/2023 da maior e mais ousada regata volta ao mundo do planeta.

Projeto de barco brasileiro na The Ocean Race tem lançamento em Itajaí

No próximo dia 1º de setembro, no Iate Clube de Cabeçudas, em Itajaí, será apresentado o projeto voltado para a participação do barco brasileiro SC Brasil Team na edição 2022/2023 da The Ocean Race, a maior e mais ousada regata volta ao mundo do planeta.

A iniciativa é da SC Brasil Esporte Náutico, formada por um grupo de executivos e empreendedores catarinenses, que decidiu se unir para viabilizar que o País tenha, pela segunda vez, um barco no evento. 

A The Ocean Race tem uma única parada sul-americana que, pela quarta vez, será na cidade catarinense. Na última edição, a regata proporcionou para a economia local, ao longo de 25 dias, R$ 86 milhões de reais, atraindo visibilidade e geração de negócios nos três anos em que já passou por Itajaí.

Um projeto voltado para as empresas e marcas com interesse de exposição mundial e de negócios, em um país de vocação náutica como o Brasil.

O lançamento reunirá empresários e autoridades de Santa Catarina e os executivos da SC Brasil apresentarão os detalhes da iniciativa, buscando a formação de um pool de recursos para a sua viabilização.

A primeira e única vez em que o Brasil participou do terceiro maior evento do planeta – ao lado da Fórmula 1 e do futebol – foi na edição de 2005/06 com o barco Brasil 1, idealizado pelo velejador e empresário Alan Adler.

No comando do veleiro estava o medalhista olímpico Torben Grael e, entre os tripulantes, o catarinense André "Bochecha" Fonseca.

Com uma exposição mundial durante oito meses e passando por 10 portos (cidades-sede), a The Ocean Race atinge uma visibilidade de 3 bilhões de pessoas, em mais de 130 países - em redes sociais, TVs, rádios e jornais -, gerando mais de 10 bilhões de receita econômica em toda cadeia produtiva mundial.

* Adilson Pacheco/Jornalista
Fotos: Divulgação

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário.