Boa noite
Segurança Pública EliasElias 11 Maio 2021 (180)

Preso em Camboriú homem que matou mulher no Mato Grosso

A vítima foi cruelmente violentada e torturada até a morte na cidade de Cáceres

Preso em Camboriú homem que matou mulher no Mato Grosso

Rafael da Silva Alcântara, 32 anos, foi preso pela Polícia Militar, na rua Ariribá, no Tabuleiro em Camboriú. Ele estava foragido da justiça do Mato Grosso e tinha mandado de prisão pelo crime de homicídio.

O procurado é acusado de ter matado Benedita de Paula Nunes, 27 anos. A vítima foi cruelmente violentada e não resistindo aos ferimentos morreu. O crime aconteceu no dia 11 de fevereiro no bairro Vila Real, em Cáceres.

Segundo informação do Jornal Oeste, publicada no dia 16 de fevereiro de 2021, "Benedita além de ter sido violentada, suspeita preliminar pelos vestígios que o agressor deixou no corpo da vitima, ela teria sido ainda torturada até a morte".

Ainda segundo o jornal, a delegada Alessandra Ferronato, titular da Delegacia Especializada da Mulher elucidou o crime.
Conforme ela, durante realização da perícia criminal, foi localizado um aparelho de celular, embaixo da cama da vítima, tendo a irmã da vítima informado que o aparelho não pertencia a Bendita.

Após a finalização da perícia, as investigações foram direcionadas para identificar o proprietário do celular. Trata-se de Rafael da Silva Alcântara, descartando se portanto de que o assassino poderia ter sido o ex-namorado da vítima, Ercias Vicente de Oliveira, contra o qual havia uma medida protetiva por ameaças anteriores.

A Polícia descobriu que antes de ser assassinada Benedita estava junto com o acusado em um bar da cidade e após o encontro ambos foram para a casa dela. Ficou apurado ainda, que o autor se encontrava embriagado e possivelmente teria feito uso de substância entorpecente.

“Foi uma resposta rápida que conseguimos dar para a sociedade que se sentiu atordoada com um crime tão grave onde a vítima foi cruelmente torturada e espancada até a morte”, declarou a delegada Alessandrah à época. O

Depois da prisão em Camboriú, Rafael foi encaminhado ao Centro Penitenciário do Vale do Itajaí, na Canhanduba, onde encontra-se à disposição da justisa matogrossensse.

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário.


Politica de Privacidade