Boa noite
Política EliasElias 26 Julho 2021 (67)

Página 3 é homenageado em sessão solene pelos 30 anos de atuação

Solenidade foi realizada de forma virtual no dia da fundação do jornal, 26 de julho

Página 3 é homenageado em sessão solene pelos 30 anos de atuação

A Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú realizou, na noite desta segunda-feira (26), uma solenidade em homenagem aos 30 anos do Página 3.

Fundado em 26 de julho de 1991, o jornal foi um semanário impresso durante duas décadas, sendo atualmente um veículo de comunicação online.

A sessão solene, proposta pelo vereador André Meirinho (Progressistas), foi a primeira realizada de forma virtual pela Câmara Municipal, com transmissão pela TV Câmara (canal 39.5 da CCS TV), Facebook, Youtube e site do Legislativo.

Na ocasião, foi exibida a gravação da entrega da Moção de Congratulações 81/2021, de autoria de André Meirinho, e de uma placa de homenagem aos sócios-proprietários do Página 3, Marlise Schneider Cezar e Waldemar Cezar Neto. Foi exibido também um vídeo sobre a história do jornal.

Fizeram uso da palavra os sócios-proprietários do Página 3, a jornalista Caroline Cezar, o vereador proponente, outros parlamentares presentes, e o prefeito de Balneário Camboriú, Fabrício Oliveira.

É evidente a todos que vivemos tempos sombrios, com ameaças à liberdade dos cidadãos e a outros valores fundamentais de uma sociedade moderna, evoluída e livre.

Noite de Homenagem: confira o que disse o jornalista Waldemar Cézar Neto


Senhora vereadora, senhores vereadores , sr. prefeito e pessoas que nos acompanham virtualmente … Marshal, Raquel, Debora, Elias...

O Jornal Página 3 é grato ao vereador Meirinho, proponente desta sessão solene, por ter concordado que ela fosse virtual, a primeira nessa modalidade em nosso Legislativo.

Agradecemos a todos os vereadores a homenagem e aproveitamos para reafirmar nossa posição de respeito à ciência, às recomendações sobre medicamentos e vacinas, ao uso de máscaras e ao distanciamento social, quando necessário.

Pedimos licença para estender a homenagem aos colegas de imprensa que pensam de forma semelhante, e que nos últimos 18 meses fizeram a defesa cotidiana desses valores, mesmo sofrendo a oposição deseducada dos argentários e dos negacionistas.

É evidente a todos que vivemos tempos sombrios, com ameaças à liberdade dos cidadãos e a outros valores fundamentais de uma sociedade moderna, evoluída e livre.

Resistir a isso, denunciar comportamentos atentatórios à Constituição, é apenas a reafirmação do que sempre praticamos neste jornal.

Nesses 30 anos, o Página 3 nunca fugiu à defesa da liberdade, da pluralidade das ideias e do direito de cada indivíduo ao livre arbítrio.

Ao longo do ano de 1992, o Páginas 3 fez campanha declarada, com mensagens na capa de “Fora Collor”. Mais tarde o jornal combateria os malfeitos dos governos petistas.

E combateria os malfeitos petistas numa cidade -agora aparentemente vítima de amnésia-, que ajudou a eleger Lula da Silva, com 56,42% dos votos locais.

Neste momento a crítica é às 551 mil mortes, causadas em grande parte pelo mau exemplo, pelo negacionismo e pelo charlatanismo.

Ser achincalhado por publicar ideias e ideais, sempre fez parte da vida do jornal e dos seus jornalistas, mas não nos vergamos porque os valores que defendemos são republicanos.

Que fique registrado nosso apoio às pessoas de bem, em especial às mulheres jornalistas, covardemente desrespeitadas por pessoas desqualificadas para o convívio social.

É importante lembrar aos senhores vereadores que, num regime ditatorial, como alguns criminosos desejam, sem Judiciário nem Legislativo, essa Câmara de Vereadores democraticamente eleita não existiria e, se existisse, seus integrantes poderiam ser presos, torturados e mortos, como ocorreu com o primeiro prefeito de Balneário Camboriú.

Resistir não é uma opção política de esquerda, centro ou direita, é demonstrar respeito por si mesmo, por sua família, por Balneário Camboriú e pelo País.

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário.