Boa tarde
Segurança Pública EliasElias 27 Agosto 2021 (187)

MP analisa denúncias contra o secretário de Segurança de Balneário Camboriú

Antônio Gabriel Castanheira teria ameaçado guardas municipais e utilizado viaturas oficiais para fins particulares

MP analisa denúncias contra o secretário de Segurança de Balneário Camboriú

A Comissão de Segurança Pública e Defesa do Cidadão da Câmara de Balneário Camboriú convocou para prestar depoimento dois guardas municipais que teriam sido ameaçados pelo secretário de Segurança e Incolumidade Pública, Antônio Gabriel Castanheira.

"Eles estavam sendo aguardados nesta semana, mas informaram que não haviam sido notificados", disse o vereador Nilson Probst (MDB) no programa "Fala, Vereador", da Rádio Câmara BC (101,5-FM).

O vereador também informou que esteve no Ministério Público que está analisando a abertura de um prodecimento para investigar as atitudes de Castanheira.

Os guardas que teriam sido ameaçados registraram o Boletim de Ocorrência na Delegacia de Polícia Civil da Comarca de Balneário Camboriú.

Segundo o relato, a ameaça surgiu após serem veiculadas informações de que Castanheira tem usado viaturas da Guarda Municipal para fins particulares.

"A informação que temos é que ele vai pra academia e outros locais particulares, usando o veículo oficial", disse Nilson Probst. Uma viatura também teria sido utilizada para ir à Curitiba, cidade em que o secretário reside.

DESCARATERIZADOS - O vereador Nilson Probst também informou que pelo menos duas viaturas descaracterizadas estariam sido usadas pela Guarda Municipal.

"A guarda foi criada para segurança da comunidade com rondas hostensivas e patrulhamento preventivo, não para fazer investigações, área que compete à Polícia Civil", afirmou.

Esses veículos foram vistos em outro município, o que legalmente não é permitido.

MUDANÇAS - O prefeito Fabrício Oliveira (PODEMOS) está mandando para a Câmara de Vereadores uma aproposta para aumentar o número de guardas para 900.

A proposta também pretende criar um novo plano de carreira para os guardas municipais. O vereador Nilson Probst já se posicionou contra a proposta.

Os professores da rede municipal de ensino também criticaram a medida. "O prefeito está usando o dinheiro da reposição da inflação dos professores e dos triênios para fazer um novo plano de carreira para a GM".

Segundo o Sindicato dos Servidores Municipais de Balneário Caboriú a decisão do prefeito "pode levar a uma greve da categoria" Fabrício está negando até a reposição das perdas ocorridas pela inflação e desvalorizando a categoria".

RESPOSTA - O secretário de Segurança e Incolumidade Pública, Antônio Gabriel Castaneira, respondeu as versões veiculadas.

Ele disse que "não existe nenhum tipo de ameaça. Inclusive o ex-comandante é chefe de uma guarnição do Grupo de Operações preventivas e teve nota máxima na sua última avaliação".

"Quanto ao uso da viatura é uma denúncia de natureza política e estou a inteira disposição para prestar esclarecimento quando for solicitado", pontuou.

A informação que temos é que ele vai pra academia e outros locais particulares, usando o veículo oficial. Uma viatura também teria sido utilizada para ir à Curitiba, cidade em que o secretário reside.

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário.


Politica de Privacidade