Bom dia
Política EliasElias 30 Maio 2021 (63)

Lucas Gotardo revela dívida deixada por secretaria de Balneário Camboriú

Município teve um prejuízo de quase R$ 67 mil

Lucas Gotardo revela dívida deixada por secretaria de Balneário Camboriú

O vereador Lucas Gotardo (Partido Novo), usou a tribuna livre desta quarta-feira, durante a sessão da Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú, para discursar sobre uma dívida deixada pela Secretaria de Inclusão Social ao desocupar o imóvel da rua 2000, Centro da cidade.

Ironicamente, a mudança de local da secretaria teria como objetivo a economia, porém, sem encerrar o contrato ou entregar as chaves, o município amargou um prejuízo de quase R$ 67 mil, reivindicados pela proprietária na Justiça.

Após ser comunicado sobre o caso, Gotardo protocolou em janeiro um pedido de informação questionando a Prefeitura sobre diversos pontos do contrato.

Segundo a titular da Secretaria da Inclusão Social, Anna Christina Barichello, o motivo da mudança para a rua Itália, seria para ocupar um imóvel da municipalidade, ou seja, sem necessidade de locação. Ela admitiu que o imóvel ficou sete meses sob responsabilidade da pasta, mesmo desocupado.

Em um contínuo trabalho de fiscalização, Gotardo descobriu que já havia uma decisão judicial, proferida pela juíza Adriana Lisboa, determinando o pagamento através de precatório, dos R$66.628,33, às proprietárias do imóvel.

“Agora não há o que ser feito, mas é importantíssimo que a população saiba o que está acontecendo nos bastidores da administração pública, porque sabe quem é que vai pagar essa conta? O cidadão de Balneário Camboriú, e graças a uma irresponsabilidade da Prefeitura, em mais um episódio de descontrole sobre a gestão de contratos”, lamentou Gotardo.

* Daniele Sisnandes
Foto: Daniele Sisnandes/Divulgação

Agora não há o que ser feito, mas é importantíssimo que a população saiba o que está acontecendo nos bastidores da administração pública, porque sabe quem é que vai pagar essa conta?

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário.