Boa tarde
Política EliasElias 22 Julho 2021 (321)

Balneário Camboriú será palco de protesto contra Bolsonaro na região

Ato acontecerá a partir das 15h, na praça Almirante Tamandaré, na beira-mar de Balneário Camboriú

Balneário Camboriú será palco de protesto contra Bolsonaro na região

Organizadores pretendem repetir performance do último ato contra o presidente, quando uma multidão tomou o calçadão de Itajaí - Foto: Francisco Diniz

A foz do vale do Itajaí volta a preparar manifestação contra o governo de Jair Bolsonaro.
Desta vez, a turística Balneário Camboriú vai ser o palco do protesto que pretende reunir opositores de populações descontentes com as corrupções, incompetência, descaso com a pandemia e ações antipopulares do presidente.

Seguindo o calendário nacional de manifestações, o ato será neste sábado, 24 de julho, na praça Almirante Tamandaré. O ato começa às 15h.

O protesto é organizado pela Frente Regional de Lutas, um fórum que reúne mais de 20 entidades, como associações, sindicatos, federações e coletivos organizados, além de artistas, intelectuais e dirigentes partidários.

No sábado, além de manifestação de lideranças regionais e estaduais, a praça será tomada também por artistas, que farão apresentações com temáticas que rementem à crise instalada no país, tanto a econômica, quanto a sanitária e social.

Representações de povos nativos, de várias aldeias do litoral, bem como de quilombolas, também estarão presentes.
“O ato terá a seriedade necessária exigida pela gravidade do momento atual que vive o país, mas também faremos isso através da arte, da cultura e da música".

Por isso, momentos com performance, intervenções culturais, bateria e poesia estão sendo pensados com artistas e produtores locais”, explica Camila Gonzaga, do movimento Povo na Rua BC, que integra a Frente Regional de Lutas.

“E Balneário Camboriú foi escolhida para receber o ato por sua importância como polo turístico do sul do país”, completa.
Este é o segundo ato na região da foz do Itajaí em cerca de um mês".

“É urgente estar nas ruas dia 24 de julho e até derrubarmos Bolsonaro! Já são mais de meio milhão de vidas perdidas por causa de um presidente negacionista, corrupto e que segue uma agenda diária de retrocesso e retirada dos nossos direitos”, diz a advogada Juliana Ayres, do Setorial de Mulheres Antonieta de Barros, um dos grupos integra a Frente Regional de Lutas.

 PREOCUPAÇÃO COM A COVID - Uma das preocupações dos organizadores da manifestação contra Bolsonaro para este sábado é com a segurança sanitária.
Entre os grupos de trabalho formados para organizar a atividade, está o “GT Sanitário”, formado por voluntários que durante a manifestação lembrarão às pessoas que é preciso manter cuidados básicos como distanciamento mínimo de 1,5 metro e uso incondicional de máscara.
Álcool em gel será disponibilizado aos manifestantes.

Balneário Camboriú foi escolhida para receber o ato por sua importância como polo turístico do sul do país. Este é o segundo ato na região da foz do Itajaí em cerca de um mês.

Manifestantes tomaram calçadão de Itajaí

A última manifestação contra Bolsonaro na região ocorreu dia 26 do mês passado. Uma multidão tomou o calçadão da rua Hercílio Luz, a principal rua de comércio de Itajaí naquele sábado.

A intenção é repetir a performance da manifestação em Balneário Camboriú. “Ninguém aguenta mais Bolsonaro e derrubá-lo significa salvar vidas. Por isso sábado, 24 de julho, Balneário Camboriú e o Brasil inteiro precisa estar nas ruas, pra retirar do poder o presidente corrupto e genocida”.

Veja a lista dos responsáveis pelo ato:
Antonieta de Barros - Setorial de Mulheres - PSOL
CSP – Conlutas
Coletiva Epicena
Coletivo Anarquista Bandeira Negra
Coletivo Esquerda Itajaí
CUT
Espaço Cultural BFCC
Intersindical - Central da Classe Trabalhadora
JSPDT – Juventude Socialista do PDT
Juventude Rebeldia
Movimento Povo na Rua BC
Mulit - Movimento Mulheres do Litoral
MML - Movimento de Mulheres em Luta
Núcleo Afro Itajaí
PCB
PCdoB
PDT – BC
PSOL – Itajaí
PSOL - Brusque
PSOL - BC
PSTU
PT/ITJ
PT/BC
PT/Navegantes
PT/Itapema
Setorial LGBTQIA+ - PSOL Itajaí
Sindifoz – Sindicato dos Servidores Municipais da Foz do Itajaí
Sisecam - Sindicato dos Trabalhadores no Comércio de Itajaí e Região
Sintect/SC - Sindicato dos Trabalhadores dos Correios
SindPrevs/SC – Sindicato dos Trabalhadores na Saúde e Previdência Federal
Sinasef - Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica
Sinte – Sindicato dos Trabalhadores na Educação de Santa Catarina / Regional da foz do Itajaí
Sinpro – Sindicato dos Professores da Rede Particular de Ensino de Itajaí
União Brasileira de Mulheres (UBM)
União da Juventude Comunista – Itajaí

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário.