Boa tarde
Saúde EliasElias 22 Junho 2021 (325)

Balneário Camboriú já vacinou mais de 50 mil pessoas contra Covid-19

O telefone (47) 3267-7049 está disponível para tirar dúvidas de segunda a sexta-feira.

Balneário Camboriú já vacinou mais de 50 mil pessoas contra Covid-19

Nesta segunda-feira (21), Balneário Camboriú vacinou 842 pessoas com a primeira dose contra a Covid-19. Ao todo, o município já vacinou 50.440 pessoas com a primeira dose, destes, 7.651 são profissionais da saúde, 29.400 são pessoas com 53 anos ou mais, 780 são profissionais das Forças de Segurança, Salvamento e Armadas, 3.223 são profissionais da educação, 9.234 pessoas com comorbidades e 152 gestantes, puérperas e lactantes.

Nesta terça-feira (22), a imunização ocorre, das 8h às 17h, na Unidade Básica de Saúde Central, na Rua 1.500, e no drive-thru, ao lado do colégio Ivo Silveira. Nas demais unidades de saúde ocorre das 8h às 12h e das 13h30 às 17h.

Quem pode tomar a vacina? - Podem se vacinar pessoas de 18 anos ou mais que tenham as seguintes comorbidades: Diabetes Mellitus; Pneumopatias crônicas graves; Hipertensão Arterial; Insuficiência cardíaca; Cor-pulmonale e hipertensão pulmonar; Cardiopatias; Arritmia cardíaca; Doença cérebro vascular; Doença renal crônica; Imunossuprimidos; Hemoglobinopatias graves; Obesidade mórbida; Cirrose hepática; e Pessoas com deficiência sem cadastro no Benefício de Prestação Continuada (BPC).

A vacina também será aplicada em pessoas acima de 18 anos com síndrome de Down, transplantados, portadores de fibrose cística e pessoas com deficiência permanente cadastradas no Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Pacientes renais crônicos em hemodiálise serão vacinados na Pró-Rim. Gestantes e puérperas com comorbidades, com idade acima de 18, devem se imunizar na unidade de saúde do Centro para receber a vacina da CoronaVac ou Pfizer, conforme preconiza o Ministério da Saúde.

É necessário apresentar atestado médico original e cópia, assinado e com CID, válido por um ano, comprovando a comorbidade. Além de documento oficial com foto e comprovante de residência.

Profissionais da área da educação - A imunização está sendo feita em professores e auxiliares que atuam em Educação Especial e em Educação Infantil, Fundamental, Médio, Superior, além de profissionais da educação que atuam de forma presencial e remota.

Também ocorre em profissionais da equipe técnica, administrativa e pedagógica que atuam na execução do Plano de Contingência para a Educação (PlanConEdu).

É necessário apresentar documento oficial com foto e declaração comprobatória assinada pelo gestor da unidade escolar.

Pessoas sem comorbidades e profissionais da saúde - A vacinação ocorre em pessoas com 52 anos ou mais. Estes precisam apresentar documento oficial com foto e comprovante de residência para se vacinar.

Continua também em profissionais de saúde com mais de 18 anos. Estes também precisam levar comprovante de vínculo empregatício.

Efetivos das forças de segurança - Os efetivos e estagiários da Secretaria de Segurança Pública, da Polícia Militar, da Polícia Civil, do Corpo de Bombeiros Militar e Voluntários, do Instituto Geral de Perícias, da Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa, da Defesa Civil, da Polícia Rodoviária Federal e Estadual, das Forças Armadas do Exército, da Marinha e da Aeronáutica e os(as) Guardas Municipais também estão recebendo a vacina.

Para isso, é preciso apresentar documento oficial com foto, comprovante de residência e comprovante de vínculo empregatício ou documento comprobatório assinado pela chefia da corporação.

Gestantes, puérperas e lactantes - Lactantes que amamentam crianças com até 6 meses de idade, gestantes e puérperas (45 dias após o parto) sem comorbidades também podem tomar a vacina.

É necessário apresentar: relatório/prescrição médica e carteira de acompanhamento da gestante/pré-natal, além de documento com foto e comprovante de residência para gestantes com 18 anos ou mais; e declaração de nascimento da criança e certidão de nascimento ou relatório médico, além de prescrição indicando a vacina Covid-19, documento com foto e comprovante de residência para puérperas e lactantes com 18 anos ou mais.

* Diretoria de Comunicação
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário.


Politica de Privacidade